quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

BAHIA É O 12º ESTADO EM NÚMERO DE PESSOAS CONTAMINADA PELO HIV...

FONTE: Rivânia Nascimento, TRIBUNA DA BAHIA.

A Bahia ocupa o 12º lugar com maior registro de contaminação pelo vírus da HIV/AIDS  no Brasil. Só este ano, foram registrados em todo estado 800 casos da doença,  sendo 60%  em Salvador e Região Metropolitana. Os homens declarados heterossexuais com idade entre 20 e 49 anos lideram o ranking. Estas informações foram dadas por Maria Aparecida Araújo, diretora da Secretaria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde  do Estado (Sesab), durante a apresentação da campanha internacional de prevenção contra o vírus  “Proteja o Gol”, divulgada ontem  no  Hotel Pestana, no Rio Vermelho.

A Campanha “Proteja o Gol” será lançada em 32 países e nas 12 cidades- sede da Copa do Mundo com  a finalidade de aumentar a consciência sobre o HIV e mobilizar os jovens a se comprometerem a favor da prevenção. De acordo com Fábio Mesquita, diretor do Departamento de DST, HIV e HV do Ministério da Saúde, globalmente, cerca de 4,6 milhões de jovens (15-24 anos de idade) estão vivendo com o HIV e cerca de 2.300 jovens são infectados a cada dia. Muitos deles, que vivem com o HIV e que poderiam receber o tratamento, não têm acesso ao mesmo ou não conhecem o próprio estado sorológico.

“A campanha utiliza a popularidade do futebol para divulgar mensagens sobre prevenção  do vírus, para alcançar a população e proporcionar maior visibilidade ao trabalho de combate e o seu empenho em assegurar maior qualidade de vida e direitos a todos que vivem com AIDS”, afirmou.

Risco na Bahia.
De acordo com Araújo, em todo o estado, existe atualmente 23 mil casos da doença acumulados nos últimos 20 anos desde que começou a epidemia da doença, colocando a Bahia no 12º lugar entre os estados com maior incidência de contaminação com o vírus no país. “Apenas esse ano foram registrados 800 casos da doença. Destes, cerca de 60% são homens jovens declarados heterossexual. Estes  dados afetam diretamente nosso estado. Todo homem precisa ter consciência do uso da camisinha que é  a forma mais divulgada e acessível, mas as mulheres precisam se apoderar  disso e exigir também o uso da camisinha. As mulheres não podem deixar de se preocupar. O risco é igual para todos.

A campanha chega para agregar o trabalho da secretaria que  na sua  rotina  já desenvolve medidas de prevenção com distribuição de preservativos e testes  rápidos nas unidades de saúde”, explicou.

 Ainda segundo a diretora, os dados deste ano são de pessoas que já foram infectadas e já desenvolveram a doença. Por isso, é importante a prevenção combinada com camisinha e medicamento. “Na prevenção combinada,  assim que a pessoa é diagnosticada com o vírus,  ela entra com tratamento para reduzir a carga viral e a  transmissão. Antes, o uso da medicação dependia da carga viral. Hoje o Ministério da Saúde já disponibiliza o medicamento assim que o paciente é diagnosticado  com o vírus”, afirmou.

A Campanha também destaca a necessidade de garantir que todos os 15 milhões de pessoas que poderiam receber antirretrovirais para salvar suas vidas tenham acesso aos mesmos até 2015, e já foi implementada na Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF) e na Copa das Nações Africanas em 2013.  Em Salvador, será feita uma forte campanha de conscientização durante os jogos da Copa com testes feitos nas unidades móveis distribuídas na cidade e postos de saúde. O objetivo é fomentar o diagnóstico precoce da doença.

Presente na apresentação, a vice-prefeita de Salvador, Célia Sacramento, disse que a prefeitura está investindo em políticas públicas através de uma ação integrada com os governos federal, estadual e municipal para mudar essa realidade no estado. Ela anunciou que, além  de campanhas realizadas nas escolas e unidades de saúde, incentivando o teste de HIV, a prefeitura irá ampliar as unidades de saúde de 50 para 80, além da construção, prevista para o próximo ano, de uma unidade no Vale dos Barris especifica  para a realização dos testes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário