terça-feira, 26 de setembro de 2017

SINCERICÍDIO SEXUAL: 5 VERDADES CHATAS DE DIZER, MAS QUE PRECISAM SER DITAS...

FONTE: *** Heloísa Noronha, Colaboração com o UOL, (http://estilo.uol.com.br).



Para que sexo funcione direito e proporcione prazer aos envolvidos, às vezes é necessário sinceridade, que talvez soe deselegante para quem ouve. Deixar de lado o mimimi e abrir o jogo é a melhor política, sempre. Afinal, transar é uma troca e a sintonia deve estar afiada para fluir melhor. Veja 5 verdades que são chatas de dizer, mas precisam ser ditas.

Um banho antes seria ótimo, não?

Por mais que o par se ofenda com essa indireta sutil sobre seu aroma, precisa falar sobre o quanto a higiene é fundamental para você. Um cheiro forte ou ruim é o tipo de "detalhe" que tira toda a concentração na hora H e compromete certas carícias e práticas. Para não criar mágoas, erotize a situação: fale que gente cheirosa te dá tesão, pegue a pessoa pela mão e leve para o chuveiro!

Ainda não fiquei no ponto.

Se você precisa de mais um tempinho para se excitar, avise. Só assim a pessoa poderá prosseguir com as preliminares ou parar um pouco para retomar a atividade depois. Assim, é fundamental que os homens sinalizem que a ereção ainda está meia bomba para colocar a camisinha ou para penetrar, por exemplo, e que as mulheres informem que a lubrificação não é suficiente.

Hoje prefiro ver Netflix, tudo bem?

Tudo, por que não? Se você prefere maratonar um seriado a brincar de olimpíadas sexuais, qual o problema? Melhor avisar que não está a fim do que ir para a cama com alguém apenas para cumprir tabela. Não se obrigue a nada, mas não use esse tipo de desculpa se a vontade zero de transar vem sendo recorrente. Nesse caso, melhor analisar o que está acontecendo.

Ai, assim você me machuca!

Dentadas que fazem o pênis sangrar durante o sexo oral, sugadas fortes demais no clitóris, posições que agridem os testículos ou o colo do útero... Ninguém está livre de sofrer uns acidentes no sexo, mas fingir que não aconteceu nada pode piorar um ferimento ou uma dor. E mais: se o que incomoda é recorrente, avise. O outro não tem como adivinhar. Fale não só do que não gosta, mas principalmente do que adora dar ou receber.

Fica um pouco quietinho, fica...

Alguns homens fungam ou fazem sons esquisitos com os dentes, enquanto muitas mulheres não percebem o quão alto é o volume dos seus gritos na hora do orgasmo. E há, ainda, quem não pare de falar durante a transa. Não fique torcendo o nariz. Fale que o ruído é chato, com gentileza.


*** FONTES: Arlete Girello Gavranic, psicóloga e terapeuta sexual do Isexp (Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática), em São Caetano do Sul (SP), e William Green, autor do livro “Vamos falar de sexo -100 perguntas para iniciar uma conversa picante" (Matrix Editora)

RESTRIÇÃO CALÓRICA EMAGRECE, MAS FAZ CRESCER PELOS, DIZ ESTUDO...

FONTE: ***, Leticia Fuentes, (http://www.msn.com).



Cientistas já sabem que a dieta de restrição calórica diminui a gordura corporal e aumenta a expectativa de vida. Mas pesquisadores acabam de descobrir que contar calorias pode ter um “efeito colateral” interessante – deixar mais peludo. Ao menos é o que ocorre com camundongos submetidos ao regime. Esse é o resultado de um trabalho de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) divulgado na revista científica Cell Reports nesta terça-feira.

Segundo os autores, isso se dá provavelmente como uma adaptação evolutiva dos animais para permanecerem quentes, e vivos, em uma situação de escassez de alimentos. Com o emagrecimento, também diminui a gordura que ajuda a deixar seus corpos aquecidos. A pele dos animais responde, então, estimulando o crescimento de pelos. Também foi observado o aumento da circulação sanguínea e uma alteração no metabolismo para aumentar a eficiência energética.

O trabalho, coordenado pela pesquisadora Maria Fernanda Forni e orientado por Alicia Kowaltowski, professora do Instituto de Química da USP, demonstra que as mudanças nos pelos e na pele dos animais ocorreu apenas poucos meses depois do início do experimento. O grupo comparou a evolução ao longo de seis meses de camundongos que podiam comer à vontade, quando quisessem, com animais com restrição de 60% das calorias consumidas pelo primeiro grupo.

Os primeiros, eventualmente, apresentaram sobrepeso. Já os segundos perderam metade da sua massa corpórea e passaram a apresentar pelos mais longos e grossos.

No nível celular, a restrição calórica levou a uma expansão das células-tronco de folículos capilares, levando ao seu crescimento e também a maiores taxas de retenção. Em comparação com o grupo que podia comer à vontade, os animais em dieta apresentaram três vezes mais vasos sanguíneos e maior circulação de sangue quente para a superfície da pele, de modo que eles perdiam menos energia para se manter aquecidos.


*** Com Estadão Conteúdo.

ÁRBITRO DE PÊNALTI DE BAHIA x GRÊMIO APITARÁ FINAL DA COPA DO BRASIL...

FONTE: Do UOL, em São Paulo, (http://esporte.uol.com.br).


O sorteio realizado pela CBF definiu que Luiz Flávio de Oliveira será o árbitro da final da Copa do Brasil, entre Cruzeiro e Flamengo, que acontecerá nesta quarta-feira (27). O árbitro paulista ganhou a disputa com Raphael Claus.

A escolha de Luiz Flávio de Oliveira vem um dia depois da polêmica na partida entre Bahia e Grêmio. O árbitro marcou pênalti de Edilson em Allione, no último lance do duelo. O gremista, contudo, afirma não ter tocado no argentino, que acusou o contato. As imagens da transmissão não deixaram claro se houve ou não o choque.

Também neste ano, Luiz Flávio se envolveu em outro lance polêmico. Durante a semifinal do Campeonato Paulista, o árbitro mostrou cartão amarelo para Jô por um suposto pisão em Renan Ribeiro, durante a partida entre Corinthians e São Paulo. O zagueiro Rodrigo Caio, porém, admitiu que ele pisara no companheiro de equipe, anulando, assim, o cartão amarelo.


A primeira partida entre Flamengo e Cruzeiro terminou em 1 a 1, no Maracanã. Como não há gol qualificado, um novo empate no Mineirão levará a decisão para os pênaltis.

SINAL ANALÓGICO DE TV SERÁ DESLIGADO EM FORTALEZA E SALVADOR NA QUARTA...

FONTE: (http://leiamais.ba).


Em Salvador, a pesquisa apontou que 93% dos domicílios já contam com sinal digital.



O sinal analógico da TV aberta nas cidades de Salvador e Fortaleza será desligado na próxima quarta-feira (27). O desligamento foi confirmado ontem (25) após pesquisa do Ibope Inteligência, divulgada na reunião do Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired), mostrar que as cidades atingiram o percentual mínimo de 90% de cobertura do sinal digital nas cidades.
Em Salvador, a pesquisa apontou que 93% dos domicílios já contam com sinal digital. Além da capital, mais 19 municípios do estado deverão ter o sistema analógico desligado na próxima quarta-feira: Aratuípe, Cairu, Camaçari, Candeias, Dias D'Ávila, Itaparica, Jaguaripe, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Maragogipe, Nazaré, Salinas da Margarida, Santo Amaro, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Saubara, Simões Filho, Terra Nova e Vera Cruz.
Em Fortaleza e cidades do entorno, o levantamento revelou que 92% dos domicílios já contam com sinal digital e apenas 8% ainda têm sinal analógico, em um total de 830.991 domicílios na capital e 394.377 no entorno. Foram realizadas 1.078 entrevistas na capital e 1.260 no entorno. A pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 23 de setembro.
Além da capital cearense, o sinal também será desligado nos seguintes municípios: Aquiraz, Beberibe, Cascavel, Caucaia, Eusébio, Guaiúba, Horizonte, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Pacajus, Pacatuba, Pindoretama e São Gonçalo do Amarante.
Juazeiro e Sobral, duas outras cidades cearenses que também deviam ter os sinais analógicos desligados esta semana, não conseguiram alcançar o percentual mínimo de 90% de alcance do sinal digital.  Por decisão do Gired, o desligamento nessas duas cidades - que registraram 76% e 73% de abrangência do sinal, respectivamente – foi reprogramado para fevereiro de 2018.

Nas cidades em que o sinal analógico for desligado, os canais abertos deverão apresentar na tela, durante 30 dias, cartela para que o telespectador seja informado do fim das transmissões analógicas.

LÁBIOS RACHADOS, AUMENTO DE PELOS: 5 SINAIS DE PROBLEMAS DE SAÚDE QUE SURGEM NO ROSTO...

FONTE:, Paulo Nobuo, (http://www.msn.com).


Realizar consultas médicas regularmente é fundamental para a identificação e o tratamento precoce de doenças, mas mesmo em casa é possível saber se há algo de errado com seu organismo: basta se olhar no espelho com atenção. Confira sinais que surgem no rosto que podem indicar problemas de saúde:

Sinais de doenças que aparecem na pele.

1. Pelos faciais em excesso, ao longo da linha da mandíbula, queixo e lábio podem ser sintomas de Síndrome dos Ovários Policísticos. Isso ocorre porque os hormônios sexuais masculinos, que têm ação aumentada na condição, estão relacionados ao crescimento dos pelos.


2. Aparecimento de espinhas em idade adulta e aumento da oleosidade da pele também podem indicar um quadro de Síndrome dos Ovários Policísticos, e não somente ser resultado de uma alimentação desequilibrada.

3. Inchaço na pele das pálpebras e bolsas sob os olhos podem ser sinais de hipotireoidismo, condição caracterizada pela incapacidade de a glândula da tireoide produzir hormônios suficientes para suprir as necessidades do organismo.


4. Rachaduras nos lábios podem não ser simples resultados de um clima frio, mas sim indicar problemas relacionados a uma dieta pobre em zinco e niacina. O mineral e a vitamina do complexo B podem ser encontrados em alimentos como frango, fígado e peixes, além de grão-de-bico, sementes de abóbora, amendoim e cogumelos.


5. Bolhas nos cantos dos lábios podem ser sinais que o corpo dá de que precisa de mais ferro e vitaminas do complexo B. A condição não é grave e pode ser facilmente driblada com um maior consumo de alimentos como vegetais de folhas verdes escuras, feijão, frango e outras comidas ricas em fibras.

INTERNADA EM UTI, JOVEM MORRE APÓS SER ATINGIDA NA CABEÇA POR MONITOR...

FONTE: Da Redação redacao@correio24horas.com.br,

(http://www.correio24horas.com.br).


Caso foi no interior de SP. Jovem de 19 anos estava internada após queda de cavalo.


Uma jovem de 19 anos morreu no domingo (24) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia de Barretos (SP) depois que um monitor de batimentos cardíacos caiu na sua cabeça. Beatriz Cardoso estava internada desde o dia 16, depois de sofrer uma queda de cavalo, e tinha acabado de passar por uma cirurgia.
Beatriz sofreu uma queda de cavalo quatro dias antes de se internar. Ela primeiro procurou a UPA de Bebedouro, de onde foi transferida para a Santa Casa com diagnóstico de traumatismo craniano. Ela passou por uma cirurgia no dia 17 e estava desde então na UTI. A família relatou em boletim de ocorrência registrado no 1º Distrito Policial que a jovem se recuperava bem, mas o hospital informou na segunda (18) que ela ia precisar fazer uma cirurgia para estancar um sangramento no cérebro.
A família informou que o novo sangramento foi causado pela queda de um monitor de batimentos cardíacos justamente na cabeça da jovem. “No outro dia, no período da tarde, os pais foram visitá-la. Muito embora ela estivesse sedada, reagia aos estímulos. Naquela noite, o aparelho de monitoramento instalado sobre a cama caiu na cabeça dela. Ela passou por nova cirurgia e foi colocada em coma induzido”, diz ao G1 o delegado Antônio Alício Simões Júnior ao G1.
A polícia investiga o acidente, que no momento é tratado como homicídio culposo - sem a intenção de matar. A expectativa é descobrir de quem foi a responsabilidade pela queda - se o aparelho estava mal posicionado ou se alguém o derrubou de maneira proposital. A Santa Casa informou que vai colaborar com as autoridades para apuração dos fatos. 

"A princípio estamos apurando se houve negligência dos médicos e enfermeiros da UTI. Isso vai depender de laudos sobre o aparelho e sobre o local. Também vamos colher o depoimento de cinco enfermeiros e dois médicos: o pela cirurgia e o que se responsabilizava pela UTI no dia do acidente", disse o delegado ao Uol.

ALUNAS FAZEM DANÇA SENSUAL PARA PROFESSORES E WEB QUESTIONA: QUAL O LIMITE?...

FONTE: Redação RedeTV! (http://www.redetv.uol.com.br).


Circula e causa indignação na internet um vídeo de alunas da cidade de Melgar, na Colombia, participando do concurso de “Dança mais Sensual da escola”.
As imagens, postadas no dia 17 último, mostram alunas dançando para uma plateia na sala de aula e realizando movimentos sensuais.
Segundo informações do jornal El Diario de Nova York, professores avaliaram a melhor dançarina da escola.
Confira o vídeo e dê a sua opinião nos comentários:

DESCONTO DE 5% NO IPVA VALE ATÉ 27 DE SETEMBRO PARA VEÍCULOS COM PLACAS DE FINAL 0...

FONTE: (http://leiamais.ba).


O pagamento é integrado. É necessário quitar ainda a taxa de licenciamento e eventuais multas relacionadas ao Renavan informado.



Encerra nesta quarta-feira (27) o prazo para os contribuintes que possuem veículos com placas de final zero pagarem o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) com 5% de desconto, em cota única. A Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA) lembra que existe ainda a opção do pagamento em três parcelas, com o vencimento da primeira cota também no dia 27.
Os proprietários de veículos com placas de final zero também podem optar por pagar o IPVA em cota única sem desconto: neste caso, o prazo final é 27 de novembro.
O pagamento pode ser efetuado nas agências ou caixas eletrônicos do Banco do Brasil, do Bradesco ou do Bancoob, com o número do Renavam em mãos. O pagamento é integrado. É necessário quitar ainda a taxa de licenciamento e eventuais multas relacionadas ao Renavan informado.
Este é o último prazo para desconto previsto no calendário anual do IPVA, que teve início em fevereiro com redução de 10% no valor do imposto para quitação antecipada do pagamento, válido para qualquer placa. Ao longo do ano, o calendário estabeleceu prazos sucessivos de concessão de desconto de 5% para pagamento em cota única, de acordo com o dígito final da placa, começando com o número 1 e terminando com o zero.
Também neste mês de setembro, os proprietários de veículos com placas de final 7 e 8 que optaram pelo parcelamento devem ficar atentos ao prazo da terceira cota, ou ao pagamento integral do imposto, em cota única sem desconto, que vencem nos dias 28 e 29, respectivamente. Para placas de final 9 com parcelamento, 28 de setembro é o prazo para pagar a segunda cota. O calendário anual pode ser consultado no site da Sefaz-BA, clicando no canal Inspetoria Eletrônica, e em seguida em IPVA.

A Secretaria da Fazenda ressalta que não encaminha para os contribuintes boleto de pagamento do imposto. Em caso de dúvida, é possível entrar em contato com o call center da Sefaz, pelo 0800 071 0071.

CASAL CANIBAL CONFESSA TER FEITO 30 VÍTIMAS NA RÚSSIA...

FONTE:, (http://www.redetv.uol.com.br).



Um homem e uma mulher foram presos em Krasnodar, na Rússia, suspeitos cometerem canibalismo contra 30 pessoas que teriam assassinado.
Em uma busca na casa do casal, os policiais descobriram sete pacotes congelados com restos de corpos humanos, além de alguns fragmentos de pele. A dupla confessou que guardava as vítimas na geladeira para, depois, serem consumidas.
Dos 30 corpos encontrados, somente sete foram identificados pelas autoridades. Segundo a polícia, o casal teria começado as práticas de canibalismo em 1999.
O homem, Dmitry Baksheev, de 35 anos, foi detido em setembro, depois que foram achados restos mortais de uma mulher em um dormitório militar onde o casal vivia. No mesmo local, também foi encontrada uma bolsa que pertencia à vítima, além de fotos do suspeito posando com partes de um corpo.

O casal, inicialmente, negou qualquer acusação de assassinato, mas, depois, confessou ter matado apenas duas pessoas.

GOVERNO LANÇARÁ PROGRAMA PARA AUMENTAR RENDA DE BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA...

FONTE: (http://leiamais.ba).


Atualmente, 13 milhões de famílias recebem o benefício.



Para estimular o aumento da renda dos beneficiários do Bolsa Família, o governo lança amanhã (26) o programa Plano Progredir que, além de capacitação, vai disponibilizar R$ 3 bilhões por ano em linha de microcrédito. Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, a meta inicial do programa é atender, nos próximos 12 meses, entre 1 milhão e 1,5 milhão de famílias cadastradas no Bolsa Família. Atualmente, 13 milhões de famílias recebem o benefício.
“O objetivo é que essas pessoas possam progredir, ter uma vida melhor, uma renda melhor. Acho que o Bolsa Família não é objetivo de vida de ninguém. A média do Bolsa Família é de R$ 180. [O programa] é para evitar que as famílias mais pobres cheguem à miséria. Um programa para que essas pessoas possam se manter enquanto não tiverem outra opção. O que estamos buscando é dar outra opção”, disse Osmar Terra à Agência Brasil.
De acordo com o ministro, a adesão ao Progredir e o eventual aumento da renda, caso o beneficiário consiga um emprego, não acarretará na exclusão imediata do Bolsa Família. “Não vai ter exclusão automática de ninguém do programa.
Vamos, inclusive, manter o Bolsa Família por dois anos para quem conseguir emprego com carteira assinada e ganhar até dois salários mínimos. Teremos uma série de regras que garantam que essas pessoas tenham o Bolsa Família enquanto precisarem, mas que elas possam almejar ter uma vida melhor”, argumentou o ministro. Além disso, as famílias que deixarem o Bolsa Família mas, posteriormente, perderem a nova fonte de renda poderão voltar a receber o benefício. Segundo Osmar Terra, em parceria com o programa, grandes empresas disponibilizarão vagas de empregos especificamente para beneficiários do Bolsa Família e do Cadastro Único.
“Os maiores empregadores do Brasil estabelecerão uma cota de emprego para o público do Bolsa Família. Estamos com um amplo programa de capacitação de mão de obra com o Pronatec [Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego], Sistema S, vários níveis de capacitação. Teremos programa de qualificação, empreendedorismo e geração de emprego”.As informações sobre o programa serão repassadas às famílias pelo sistema de pagamentos, pelos Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e também pela internet.

“As pessoas vão poder se cadastrar em um portal que vamos criar, regionalizado, em que as pessoas interessadas em emprego se cadastrem e as empresas oferecem as vagas. Isso vai ser um salto importante no que tem hoje em relação ao programa”, explicou Terra. A cerimônia de lançamento do programa está marcada para amanhã (26), às 11h, no Palácio do Planalto.

MAIORIA DAS PESSOAS PRECISA DORMIR DE 7 A 9 HORAS, GARANTE NEUROCIENTISTA...

FONTE: Do UOL, em São Paulo, (http://estilo.uol.com.br).


Você iria trabalhar bêbado? Provavelmente não, mas muitos de nós fazemos isso ao ir para a empresa após dormir apenas seis horas ou menos, já que a privação de sono causa o mesmo dano ao seu desempenho mental e físico do que tomar um porre de alguns drinques.

Matthew Walker, diretor do Centro de Ciência do Sono Humano, órgão da Universidade da Califórnia em Berkeley (EUA), passou os últimos quatro anos e meio escrevendo "Why We Sleep" (Por que dormimos, em tradução para o português), livro que examina profundamente os efeitos da falta de sono no corpo. "Nenhum aspecto da nossa biologia passa ileso por essa privação", afirma o especialista.

Em entrevista ao jornal britânico "The Guardian", ele ainda ressaltou existirem evidências de que dormir menos do que o necessário pode reduzir nossa expectativa de vida, aumentando o risco de câncer, ataques cardíacos e Alzheimer, entre outros problemas.

Por que, exatamente, estamos tão privados de sono?

Em 1942, menos de 8% da população tentava sobreviver com seis horas ou menos de sono por noite; em 2017, esse número passou para quase uma em cada duas pessoas. Os motivos são aparentemente óbvios. O primeiro é que nossas noites agora são totalmente iluminadas. E a luz é um degradador profundo do nosso sono.

Em segundo lugar, há a questão do trabalho: e não apenas as horas que você passa trabalhando. Ninguém quer desistir do tempo com a família ou se divertindo, então a pessoa desiste de dormir em vez disso. "E a ansiedade também desempenha seu papel. Somos uma sociedade mais solitária e deprimida. O álcool e a cafeína estão mais disponíveis. Todos esses fatores são inimigos do sono", diz Walker.

Ser considerado um "dorminhoco"? Jamais!


Mas o especialista acredita, também, que no mundo desenvolvido o sono está fortemente associado à fraqueza e até vergonha. "Estigmatizamos o sono com o rótulo da preguiça e queremos parecer sempre ocupados. Uma maneira de expressar isso é proclamando o quanto estamos sonolentos e cansados, como se fosse uma honra."

"Durante minhas palestras, as pessoas aguardam até que não haja ninguém por perto para me dizer, em voz baixa: 'Pareço ser uma daquelas pessoas que precisam de oito ou nove horas de sono'. Eles estão convencidos de que eles são anormais e por que eles não seriam? Nós castigamos as pessoas para dormir o que são, afinal, apenas quantidades suficientes. Pensamos neles como preguiçosos", diz
Segundo ele, a maioria das pessoas precisa de algo entre sete e nove horas de sono. Explicado isso, o quão bem dormimos costuma ser determinado por diferentes fatores: genética (cerca de 1% da população realmente possui genes que as fazem dormir por apenas quatro horas e ficarem bem); gênero (mulheres tendem a dormir de forma menos eficaz do que os homens, além de precisarem de mais 20 minutos por dia) e envelhecimento (à medida que a nossa idade aumento, a qualidade do sono melhora também, fazendo com que precisemos de menos tempo para nos sentirmos restaurados.

Dá para saber qual é o tempo certo para você? Não existe um teste definitivo, mas separamos quatro perguntas que ajudarão a ler os sinais de seu corpo:

1) Você adormece assim que coloca a cabeça no travesseiro?

O ideal é que esse processo dure cerca de 15 minutos. Se você adormecer mais rápido, provavelmente está privado de sono. Agora, se o problema for levar mais de 30 minutos, provavelmente está dormindo mais do que precisa ou está tendo sofrendo de algum tipo de estresse que não permite que você relaxe.

2) Precisa de um despertador para acordar?

A menos que você precise se levantar em uma hora mais problemática, como quatro da manhã, um bom sinal da saúde de seu sono é acordar naturalmente, antes do alarme. Ficar muito tempo na base do botão soneca também significa que você não está dormindo o suficiente.

3) Você aproveita para dormir muito no final de semana?

Responder sim é um sinal de que você está meio que arrumando uma "dívida" de sono durante a semana, e que seu corpo está tentando compensar. O ideal é dormir o valor de horas certo para você, ou seja, o mesmo número de horas dormidas durante a semana.

4) Como você se sente às 11h?

A resposta deve ser alerta e energizada, pois este é o ponto em seu ritmo circadiano --um ciclo de 24 horas que diz ao seu corpo quando dormir-- em que você deve estar mais acordado. Cansado neste momento do dia? De duas, uma: ou faltam horas de sono ou outra coisa está drenando sua energia.

Higiene do sono: 4 dicas para dormir bem.


Da mesma maneira que, desde cedo, precisamos cultivar bons hábitos de higiene corporal e dentária, é interessante tratar o sono com o mesmo cuidado. Se a sua meta é dormir direito, separamos algumas dicas da Associação Brasileira de Sono (ABSono).

• Evite cochilos prolongados à tarde. Quando a sesta (ou descanso após o almoço) é hábito, ela não deve ultrapassar uma hora, justamente para não prejudicar o sono noturno;

• Um banho morno, cerca de duas horas antes de dormir, pode ajudar a relaxar e abaixar a temperatura corporal, o que é necessário para desencadear o sono;

• A prática de exercícios além de melhorar a saúde e a autoestima, ajuda a consolidar o sono. O melhor, no entanto, é tentar malhar até cerca de seis horas antes de ir para a cama;


• Evitar agentes estimulantes com cafeína (café, chá, chocolate, refrigerantes e nicotina), refeições pesadas e excesso de líquidos antes de deitar é interessante. Um lanche leve antes de dormir, rico em carboidratos pode auxiliar.

CONSULTA DO ABONO SALARIAL DO PIS/PASEP PODE SER FEITA POR APLICATIVO...

FONTE: Agência Brasil,(http://leiamais.ba).

A consulta individual também pode ser feita pelo link: verificasd.mtb.gov.br/abono


O Ministério do Trabalho lançou um aplicativo para celulares para a consulta ao saque do Abono Salarial do PIS/Pasep – Ano Base 2015. Segundo levantamento da Coordenação do Abono Salarial do MTb, mais de 1,46 milhão de pessoas ainda não sacaram os recursos disponíveis, que chegam a R$ 1,018 bilhão.
O prazo para os saques, que terminaria no dia 30 de junho, foi prorrogado e vai até 28 de dezembro deste ano. O aplicativo está disponível para o sistema operacional Android, e pode ser baixado na Playstore.
A consulta individual também pode ser feita pelo link: verificasd.mtb.gov.br/abono .
O volume já retirado, contando todo o calendário de pagamento, iniciado em 2016, chega a R$ 15,99 bilhões. Foram beneficiados 24,26 milhões de trabalhadores, o equivalente a 93,98% do total previsto.

A decisão de prorrogar o prazo para a retirada do Abono Salarial de 2015 foi anunciada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), no final de junho. Pela decisão, tem direito ao dinheiro quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2015, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos; e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

RICHARLISON AGRADECE GOMES POR ADAPTAÇÃO NO WATFORD: "ARRUMOU CASA E CARRO"...

FONTE: Do UOL, em São Paulo, (http://esporte.uol.com.br).


Muitos sul-americanos sofrem um pouco quando chegam à Inglaterra para atuar no futebol local. Mas não foi o que aconteceu com Richarlison, que fez o gol que deu a vitória ao Watford na última rodada do Campeonato Inglês, contra o Swansea, por 2 a 1.

Em entrevista ao programa Tá Na Área, do SporTV, o atacante agradeceu ao goleiro Gomes, o seu "tradutor", e também afirmou que está fazendo 3 aulas de inglês durante a semana. "Já me sinto em casa, tipo no Brasil. Meus companheiros me acolheram muito bem, o Gomes principalmente, que me arrumou casa, carro. Queria até agradecer a eles. Quando chego em campo só quero jogar bola, me sinto confiante", disse o atacante.

Além do idioma, o atacante ex-Fluminense, que fez dois gols em sete jogos, conta que também já se adaptou ao estilo de jogo local. "(Quando cheguei) Senti um pouco a parte física. Aqui são os 90 minutos na pegada, não tem tempo para pensar. No Brasil, você tem tempo para pensar 3, 4 segundos, aqui você pega a bola e já tem marcadores em cima. Agora que peguei o ritmo estou jogando sem sentir cãibra e estou bem".


O goleiro ex-Cruzeiro não é o único a quem Richarlison mostrou gratidão. O atacante revelou que recusou uma proposta do futebol holandês após uma ligação do português Marco Silva, técnico da equipe inglesa.

"Eu estava em casa, num domingo à noite. Ele me ligou e falou que me queria aqui no Watford, que sabia do meu potencial, que eu podia jogar em 3 posições no ataque, quando ele me ligou fiquei super feliz. Tinha uma proposta do Ajax em que estava tudo certo, mas aí ele me ligou e eu mudei de ideia", afirmou.

3 BENEFÍCIOS DE PRATICAR ESPORTES COLETIVOS...

FONTE:, Daniela Bernardi, (http://www.msn.com).



Quando não estou experimentando novos treinos pela BF, defendo o gol de uma equipe de handebol, o Villa Portare. Todas as meninas são ex-federadas que, embora já tenham outra profissão, não conseguem largar o esporte. Em julho, representamos a cidade de Mogi das Cruzes (SP) nos 61º Jogos Regionais – conquistamos o bronze em um campeonato que contou com a participação da central da seleção brasileira, a Fran!

Abaixo, alguns motivos para você também levar a sério sua paixão esportiva.

1. Nem parece fitness.
Por mais que eu adore meu treino funcional, alguns exercícios só faço porque são realmente necessários. Já no handebol, é como gastar calorias sem perceber – de uma forma bem divertida. A adrenalina em quadra ainda ajuda a aumentar a intensidade de todos os movimentos e a acelerar a frequência cardíaca, viu?

2. Desafia e ensina.
É verdade que qualquer esporte impõe barreiras que precisamos ultrapassar. Só que, quando há uma adversária do outro lado, as dificuldades parecem duplicar porque você não sabe o que a outra pessoa vai fazer, o que requer ainda mais planejamento (mental e físico) para estar preparada para as situações do jogo. E, para isso, disciplina é um quesito fundamental. Bônus: ter organização e raciocínio rápido vai ser útil em outros momentos, como quando aparece um pepino no escritório.

3. Aumenta a tolerância.  
Trabalhar em equipe não é moleza: você precisa escutar o outro e ter consciência de que suas ações influenciam na vida dele. No esporte coletivo, acontece o mesmo, e, às vezes, também temos um chefe (no caso, o técnico) hiperexigente. Junto com toda a pressão por resultados, você ainda lida com pessoas completamente diferentes – com certeza, o handebol me ensinou a saber me colocar no lugar dos meus colegas. Ah! E, assim como aqui na redação, o esporte me presenteou com amigas que levarei para sempre comigo.

* Três amigas de time colaboraram com estas dicas: a fisioterapeuta Amanda Souza, a professora Karla Leitão e a analista de marketing Melina Couto.


Nossa editora Daniela Bernardi está sempre testando as novidades do mundo fitness que prometem deixar seu treino mais eficiente e divertido. No instagram @danibernardi_.

5 IDEIAS FURADAS QUE AS PESSOAS COSTUMAM TER SOBRE SEXO CASUAL...

FONTE: *** Heloísa Noronha, Colaboração para o UOL, (http://estilo.uol.com.br).



Na hora, vale tudo, mas no dia seguinte é preciso encarar a culpa e o arrependimento. Quando o assunto é transar sem compromisso, muita gente ainda tem na cabeça alguns conceitos que há muito tempo deixaram de ser regra geral e de corresponder à realidade. Saiba quais são os principais:

1. Só as mulheres ficam mexidas.

É comum achar que as mulheres - não todas, vale frisar! - saem da experiência envolvidas e com expectativas de transformar o encontro em romance. Ou, pelo menos, repetir a dose. Porém, muitos homens também sentem um "algo a mais" quando transam com alguém de forma casual. "É besteira achar que um cara não fica apaixonadinho só porque acabou de conhecer a mulher. Eu fiquei bem mexido quando fui para a cama com uma garota que conheci numa viagem, pena que ela não quis nada sério", diz o publicitário Raphael*, de 27 anos. É preciso ter em mente que o sexo em si é uma emoção: por mais casual ou ocasional que seja, sempre haverá um componente íntimo e afetivo. E por causa disso pode abalar as pessoas envolvidas, e isso vale para homem e mulher.

2. No fundo, o objetivo é o compromisso.

É bem ultrapassada a crença de que a mulher topa transar para conseguir romance, enquanto o homem engata um romance para conseguir transar. Sexo casual, o próprio nome já diz é casual. O objetivo principal é aproveitar plenamente o momento, sem especulações ou exigências sobre o futuro. Quem ainda pensa assim quer, na verdade, "encaretar" o sexo, vinculando-o ao amor e ao romance. É claro que, às vezes, as coisas saem do controle e um ou outro acaba se envolvendo e querendo mais. No entanto, cabe a cada um cuidar de si e dos próprios sentimentos. Quem topa o sexo casual tem que se despir de expectativas em relação ao outro para não se machucar.

3. Acontece de tudo na cama.

Há uma falsa ideia de que a informalidade da situação torna as pessoas selvagens e dispostas a tudo na cama. Ledo engano. O corpo continua a ser uma propriedade particular e um deve respeitar os princípios, limites e vontades do outro. Sexo casual é uma escolha, o que significa que cada um escolhe o que fazer com o desejo. "Topar transar de cara não significa estar aberta para qualquer coisa. Uma vez, parei no meio porque o parceiro ficou insistindo que eu devia aceitar fazer sexo anal. Me vesti e fui embora. Ainda bem que foi o único machista desrespeitoso com quem me relacionei até agora", conta a universitária Camila*, 23 anos.


4. Sexo casual é incrível e libertador.

Outra impressão errada: a de que, ao toparem transar sem compromisso, as pessoas vão imediatamente se livrar de tabus, mitos e repressões e atingir um nível elevado e, até então desconhecido, de liberdade. Não é bem assim. O sexo casual só é bom e gostoso se feito por pessoas muito bem resolvidas com elas mesmas, conscientes da situação, sem expectativas e em busca de prazer por simples diversão. Ou seja, a autonomia e independência precisa fazer parte da vida ANTES de partir para a experiência. Um estudo publicado pelo "Journal of Sex Research", dos EUA, apontou que há um aumento nos níveis de depressão e estresse logo após uma transa casual, tanto em homens quanto em mulheres, justamente por ter o componente afetivo e por, inconscientemente, as pessoas tenderem a usar o sexo como uma forma de compensar vazios ou questões emocionais. O incrível e libertador é fazer a escolha e aceitar lidar com as implicações que ela traz.

5. Todo mundo tem ressaca moral no dia seguinte.

Oi? Óbvio que não. Quando os limites são claros e as expectativas alinhadas, transar sem compromisso é uma excelente forma de ter prazer e aprimorar a sexualidade. É um acordo bem definido e, por isso, não há espaço para criar neuras ou culpas. O problema é que inúmeras vezes o que se acredita ser um desejo autêntico, não é! Faz-se uma coisa e se espera outra. Por isso a pessoa precisa se conhecer bem, e entender a fundo o que quer, para não responsabilizar o outro por uma escolha que ela mesma fez. Somos responsáveis não só por nossas decisões, mas também pelo que sentimos.

*Os nomes dos entrevistados foram trocados para preservar a identidade.


*** FONTES: Blenda de Oliveira, psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais, de São Paulo (SP); Miriam Barros, psicóloga e psicodramatista, de São Paulo (SP); Raquel Fernandes Marques, psicóloga da Clínica Anime, de São Paulo (SP), e Sabrina Gonzalez, especialista em Psicologia Hospitalar pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

ENDOMETRIOSE AFETA NEGATIVAMENTE A QUALIDADE DE VIDA DOS PARCEIROS...

FONTE: *** Alexandre Faisal (http://dralexandrefaisal.blogosfera.uol.com.br).



Você sabe o que é endometriose ? Clique aqui para votar

A endometriose é uma condição ginecológica comum que afeta cerca de 10% das mulheres em idade reprodutiva. Os sintomas comuns incluem dispareunia, dismenorréia (dor nas menstruações) e infertilidade. A intensidade dos sintomas varia muito entre as mulheres, mas é certo que a doença tem enorme custo físico, emocional e econômico. Pesquisas mostram que o custo médio da endometriose por mulher por ano devido a custos diretos e indiretos de cuidados de saúde é de US 12.000. Mas será que ela também interfere com a vida dos parceiros e maridos destas mulheres?. Um estudo realizado na Austrália avaliou o impacto da endometriose na qualidade de vida de parceiros de mulheres que tinham recebido um diagnóstico cirúrgico de endometriose. 151 homens, parceiros de mulheres com endometriose, recrutados em hospital terciário, responderam a questionário on line. Foram formuladas questões sobre os aspectos da vida diária, sexualidade, finanças, entre outros.

Os resultados deixam claro que a endometriose não afeta apenas a mulher, mas também o homem. Noventa e dois por cento dos parceiros relataram sentimentos negativos sobre o diagnóstico de endometriose que incluíram piora da vida sexual, das finanças e relação conjugal como um todo. E o impacto foi grande: setenta por cento deles relataram que a endometriose afetou sua vida cotidiana de forma moderada ou severa e mais de metade (52%) também sentiu que suas finanças foram afetadas. Pior ainda, eles reclamaram que apenas 1 de cada 3 profissionais de saúde foi útil e sensível com o casal no enfrentamento do. (N = 40) dos parceiros relataram que não receberam informações sobre o impacto da endometriose em casais. Falta de informação sobre como a endometriose poderia afetar a vida do casal foi mais comum do que esperado. Os autores chegam a comparar os sentimentos vividos pelo homem como semelhantes ao do luto, onde também se mesclam emoções negativas como medo e frustração. Tudo isso agravado pela cronicidade da doença que requer ora tratamentos hormonais ora intervenções cirúrgicas.

A publicação implica em algumas recomendações. Uma delas é a possibilidade de serem feitas melhorias para envolver os parceiros no processo de tratamento. A ideia é incluí-los, integralmente, no atendimento das suas parceiras e esposas. Outro ponto é proporcionar ao casal, homem e melhor, melhor educação, suporte e cuidados holísticos. A melhor comunicação com os profissionais de saúde não está na mensagem final, mas nem precisaria já que ela está na essência da relação médico-paciente. Qualquer que seja o paciente ou acompanhante.

(Ameratunga et al. Exploring the impact of endometriosis on partners. J. Obstet. Gynaecol. Res. 43(6):1048–1053, 2017).

Sobre o autor.

Alexandre Faisal é ginecologista-obstetra, pós-doutor pela USP e pesquisador científico do Departamento de Medicina Preventiva da FMUSP. Formado em Psicossomática, pelo Instituto Sedes Sapientiae, publicou o livro "Ginecologia Psicossomática" e é co-autor do livro "Segredos de Mulher: diálogos entre um ginecologista e um psicanalista”. Atualmente é colunista da Rádio USP (FM 93.7) e da Rádio Bandeirantes (FM 90.9). Já realizou diversas palestras médicas no país e no exterior. Apresenta palestras culturais e sobre saúde em empresas e eventos

Sobre o blog.


Acompanhe os boletins do "Saúde feminina: um jeito diferente de entender a mulher" que discutem os assuntos que interessam as mulheres e seus parceiros. Uma abordagem didática e descontraída das mais recentes pesquisas nacionais e internacionais sobre temas como gravidez, métodos anticoncepcionais, sexualidade, saúde mental, menopausa, adolescência, atividades físicas, dieta, relacionamento conjugal, etc. Aproveite.

GOVERNO DECIDE MANTER HORÁRIO DE VERÃO...

FONTE: Tribuna da Bahia, Salvador,(http://www.trbn.com.br).

Segundo ministro, não haverá tempo para fazer enquete; a Bahia fica mais uma vez fora do horário que entra em vigor dia 15 de outubro.

Depois de sugerir uma pesquisa pelas redes sociais para avaliar a opinião dos brasileiros sobre o término do horário de verão, o governo recuou e nesta segunda-feira (25), confirmou que vai manter a mudança de horário pelo menos neste ano. 
Segundo o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, o passo atrás do governo se deve ao período curto para avaliar a opinião das pessoas e alterar a medida. Assim, o horário de verão entrará em vigor no próximo dia 15 de outubro e se manterá vigente até 17 de fevereiro de 2018.
Para Coelho, haveria pouco tempo para avaliar a opinião dos brasileiros sobre o assunto, que tem despertado polêmica desde que entrou na pauta de discussão na semana passada. Coelho, porém, não descarta o interesse de lançar uma enquete mais adiante. 
Na semana passada, o governo informou que a continuidade da aplicação do horário de verão seria uma decisão da Presidência da República. Após a conclusão de estudos que mostram que o horário de verão não proporciona economia de energia, o Ministério de Minas e Energia (MME) decidiu encaminhar a questão para instâncias superiores.
Prevendo polêmica, já que o assunto divide opiniões e tem amantes e detratores, o governo chegou a dizer que estudava fazer uma enquete nas redes sociais para deliberar sobre o assunto. O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, evitou dar um posicionamento prévio. O presidente Michel Temer é quem bateria o martelo sobre a questão.

"Tendo em vista as mudanças no perfil e na composição da carga que vêm sendo observadas nos últimos anos, os resultados dos estudos convergiram para a constatação de que a adoção desta política pública atualmente traz resultados próximos à neutralidade para o consumidor brasileiro de energia elétrica, tanto em relação à economia de energia, quanto para a redução da demanda máxima do sistema", informou o MME.