terça-feira, 23 de maio de 2017

QUAL O MELHOR REMÉDIO PARA QUEIMADURA DE ÁGUA-VIVA? NÃO, NÃO É O XIXI...

FONTE: Aretha Yarak, Colaboração para o UOL (http://noticias.uol.com.br).


Esqueça a urina, a melhor maneira de controlar uma queimadura por água-viva é usando vinagre. É o que descobriu um grupo de cientistas em estudo publicado recentemente no periódico científico Toxins.

Segundo os pesquisadores, usar urina, suco de limão, água do mar, gelo ou até mesmo espuma para barbear, alguns dos remédios populares mais conhecidos para controlar a ferida, não ajuda em nada e ainda pode piorar a situação.

A descoberta, no entanto, não é de todo uma novidade. "Aplicar vinagre na lesão já era uma recomendação aqui no Brasil", explica a dermatologista Ana Carolina Mansur. De acordo com a especialista, o vinagre age impedindo a liberação de mais veneno, reduzindo o processo inflamatório.
"Passar urina é quase um mito, não existe explicação para seu uso nesse tipo de lesão", comenta.

Teste em laboratórios.

De acordo com os cientistas que conduziram o levantamento, foram testadas em laboratório diversas práticas usadas popularmente pelas praias em que há ocorrência do cnidário: raspar os tentáculos, jogar urina ou suco de limão e até mesmo passar creme de barbear.

Nenhuma delas conseguiu controlar a queimadura inibindo a liberação de mais veneno ou reduzindo o ardor. A urina, na verdade, acabou piorando a situação: ela estimulou a liberação de veneno e a sensação de ardor.

Apenas o vinagre foi capaz de controlar a situação, tendo um efeito protetor. Uma lavagem no local com o produto puro, sem diluição em água, por apenas 30 segundos se mostrou eficaz em estancar a liberação de mais veneno e em aliviar a sensação de ardor.

Colocar uma bolsa de água quente na sequência poderia ajudar ainda a diminuir o número de hemácias (células vermelhas do sangue) mortas pela ação do veneno.

"É importante que essas bolsas quentes sejam colocadas apenas se não houver mais veneno no local, do contrário podem aumentar sua absorção", comenta a médica Ana Carolina Mansur.

Caravela-portuguesa.

A pesquisa garantiu ainda, pela primeira vez, que o vinagre também é seguro contra queimaduras causadas pela caravela-portuguesa, da família das cnidaes (e bem parecida com a água-viva).


Inicialmente, acreditava-se que o produto não pudesse ser usado contra a lesão desse animal, porque pioraria a lesão. O estudo publicado na Toxins, entretanto, demonstrou que o vinagre é bastante eficaz - e basicamente mantém a mesma ação contra a água-viva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário